FERRAMENTAS DE GESTÃO – CANVAS 

Um plano de negócio é um documento que descreve por escrito os objetivos de um negócio e quais passos devem ser dados para que esses objetivos sejam alcançados, diminuindo os riscos e as incertezas. Um plano de negócio permite identificar e estringir seus erros no papefyl, ao invés de cometê-los no mercado.O Plano de negócios foi criado para auxiliar no planejamento da empresa, tanto para abrir, manter ou ampliar o negócio. Vai auxiliar na hora de buscar informações mais detalhadas sobre o ramo de atividade, sobre produtos e serviços oferecidos, clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, sobre os pontos fortes e fracos do negócio, e também sobre viabilidade do negócio. 

 

MÉTODO CANVAS 

É uma ferramenta de planejamento estratégico, que permite desenvolver e esboçar modelos de negócio novos ou existentes. Um mapa visual pré-formatado contendo nove blocos que irão compor o negócio agrupados em 4 questões da seguinte forma:  

 

O quê? – Proposta de Valor

Para quem? – Relacionamento com clientes, Segmentos de clientes e Canais.

Como? – Parcerias Principais, Atividades Principais e Recursos Principais.

Quanto? – Estrutura de Custos e Fontes de Receita. 

 

O QUE? 

PROPOSTA DE VALOR: o que a empresa vai oferecer para o mercado que realmente terá valor para os clientes. Quais problemas dos clientes estão sendo solucionados? 

 

PRA QUEM?

RELACIONAMENTO COM CLIENTES: como a empresa irá se relacionar com cada segmento de cliente e como manterá esse relacionamento.

SEGMENTO DE CLIENTES: quais segmentos de clientes serão foco da sua empresa; quais os clientes mais importantes da empresa.

CANAIS: como o cliente compra e recebe seu produto e serviço. Como estabelecer contato com o cliente. Que meios serão utilizados pelo segmento de mercado adotado pela empresa (Ex: Loja física, Virtual). 

 

COMO?

PARCERIAS PRINCIPAIS: são as atividades-chave realizadas de maneira terceirizada e os recursos principais adquiridos fora da empresa. Quem são os parceiros e provedores fundamentais.

ATIVIDADES PRINCIPAIS: quais são as atividades essenciais para que seja possível entregar a Proposta de Valor.

RECURSOS PRINCIPAIS: são os recursos necessários para realizar as atividades-chave: recursos físicos, humanos, intelectuais ou econômicos que serão essenciais e imprescindíveis para o negócio. 

 

QUANTO?

ESTRUTURA DE CUSTOS: São os custos relevantes necessários para que a estrutura proposta possa funcionar.

FONTES DE RECEITA: são as formas de obter receita por meio de propostas de valor. Porque valor os nossos clientes realmente estão dispostos a pagar? 

 

Como gostariam de pagar?

As ideias representadas nos blocos formam o conceito do negócio, em outras palavras, a forma como o negócio irá operar e gerar valor ao mercado, definindo principais fluxos e processos, permitindo uma análise e visualização do modelo de atuação no mercado.